Blog

Por que não temos uma representação feminina do homúnculo de Wield Penfield?

 
 


   Entre os anos 40 e 50, o médico neurocirurgião canadense Wield Penfield (1891-1976) realizou testes em seus pacientes para descobrir a causa da epilepsia. Ao aplicar choques elétricos no córtex cerebral em seus pacientes, Penfield descobriu uma região na superfície pré e pós central responsável pelo controle motor e sensorial do corpo humano(Imagem ao lado).
    Dessa forma, o homúnculo, palavra que vem do latim “homem pequeno” é uma representação humana das áreas somatotópicas do córtex sensoriomotor. Logo, pode-se observar na figura a representação de Penfield demonstrando o córtex sensorial ou córtex somestético primário (S1) e o córtex motor primário (M1) nas regiões pós e pré central, respectivamente. Através do trabalho de Penfield podemos observar que as áreas corticais sensoriomotoras mais sensíveis apresentam uma representação somatotópica maior no córtex cerebral, na qual também pode ser representado em uma figura humana que apresenta partes do corpo de tamanho equivalente a o potencial motor ou sensorial equivalente ao córtex, como mostrado na figura abaixo. 
 
    Diante disso, você já percebeu que não existe nenhuma representação feminina do homúnculo? Todas as representações retratadas em artes, vídeos e conteúdos relacionados apenas fazem referência a figura masculina. independente do sexo, a representação cortical sensóriomotora são iguais para o homem e a mulher? A ausência de um "homúnculo mulher" seria um reflexo machista social que contaminou a ciência? Isso é o que vamos discutir um pouco neste blog.
 
Em 1950, Penfield observou sensação genital após estimulação elétrica do córtex adjacente à fissura central em apenas três de 400 pacientes, dessa forma, os genitais não foram incorporado ao desenho do homúnculo sensorial. Desde de 1996 que a representação cortical do homúnculo sensorial masculino vem sido estudada, e em 2005, a representação cortical mais complexa do pênis no córtex somatossensorial humano e sua relação topográfica com as partes adjacentes do corpo foi encontrada a partir da utilização fMRI quando aplicada uma estimulação sensorial no pênis. Esse estudo confirmou a sequência somatotópica cortical lógica de que o órgão genital masculino  é representado entre as pernas e o tronco, já que foi mostrando que a metade inferior do corpo está confinada à convexidade do hemisfério ao longo do giro pós-central e não se estende até a fissura inter-hemisférica (Imagem ao lado). 
 
Mesmo conhecendo as técnicas avançadas para esse tipo de mapeamento, apenas no ano de 2011 que foi caracterizado a representação cortical do homúnculo sensorial feminino. Esse estudo mostrou que a autoestimulação clitoriana, vaginal e cervical ativa regiões corticais sensoriais diferentes, todas agrupadas no córtex medial (lóbulo paracentral medial) e que a estimulação do mamilo ativa a região do córtex sensorial genital (bem como a torácica) do mapa homuncular (Imagem ao lado).  Esse certo "atraso" dos estudos relacionados ao mapeamento de áreas cerebrais de genitais femininos decorrente  de um certo machismo social associado a uma desvalorização do prazer da mulher, fez com que imagens de homúnculos femininos fossem difícil de ser encontradas em veículos científicos e em sites de busca. Dessa forma, trazemos aqui representações femininas de homúnculos.
 
    Assim, para maior conhecimento de representações funcionais corticais de genitálias femininas, é importante que trabalhos futuros investiguem  por meio de EEG e fNIRS associado a outras técnicas como fMRI a relação sensorial topográfica do clitoris, vagina e mamilos com as partes adjacentes do corpo da mulher, além de estender essa análise para campos cerebrais além do córtex sensorial, podendo ser investigado um grupo com a estimulação genital 'erótica' e outro grupo com estímulo sensorial genital simples sem cunho sexual.
 
         
 
 
BLOG BrainLatam Highlight - BLOG BrainLatam Lo más destacado de este Instante
- Culture development, Behavior, perception and Latin American Consciousness in First Person

Referências:

 Komisaruk, Barry R., et al. "Women's clitoris, vagina, and cervix mapped on the sensory cortex: fMRI evidence." The journal of sexual medicine 8.10 (2011): 2822-2830.
 
Kell, Christian A., et al. "The sensory cortical representation of the human penis: revisiting somatotopy in the male homunculus." Journal of Neuroscience 25.25 (2005): 5984-5987.
 
Schott GD. Penfield's homunculus: a note on cerebral cartography. J Neurol Neurosurg Psychiatry. 1993 Apr;56(4):329–333
 
Roberto Lente. Cem bilhões de neurônios. Conceitos Fundamentais de neurociência. Kandel. Princípios da Neurociência
 
Eric R. Kandel, James H. Schwartz, Thomas M. Jessell, Steven A. Siegelbaum, A. J. Hudspeth. Princípios de Neurociências. 5 edição.
 


Rodrigo Oliveira










Areas of Interest